quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

EXTRA

há quem diga que eu sou uma tremenda boboca que só fala besteira. outros me acham divertida. eu não sei, sinceramente... talvez eu seja as duas coisas. talvez eu seja bem mais.

não, eu tenho certeza absoluta que sou bem mais... minha existência não pode se resumir a isso...

as vezes eu olho alguns blogs e aí eu paro, penso... como as pessoas são diferentes. como pode? cada cabeça contém um mundo complexo...
e daí, hj olhei um blog, e pra mim ele se parece com todos os outros que já vi. sabe aquela coisa bonitinha cheia de poemas, textos dos outros? pois é... tenho certeza que vc já viu algum assim...
qdo eu vejo esse tipo de blog eu me sinto um pouco tosca. tipo, cara! o meu blog é um cocô! será que não tenho nenhum conteúdo como essas pessoas? será que eu não tenho tempo ou saco suficiente pra ficar procurando mensagens "legais" no google, ou será que é pq não gosto de ler emails de corrente? eu tenho um pouco de preconceito com essa mensagens "email de corrente", essa coisa clichê, sabe? me incomoda scrap enviado pra todo mundo. vc entende do que to falando? aqueles belíiissimos [¬¬] textos que todo mundo já ouviu falar... q até já perdeu o sentido...

=\caramba... eu fico pensado em tudo isso...

ou será que eu simplesmente só gosto de vir aqui e falar besteiras e mais besteiras? falar o que vem na minha mente... escrever, só pra desaguar... mesmo quando não tenha sentido algum... só pra despejar algum sentimento que esteja engatado. só pra fingir que alguém pode se importar com a minha vida. pra fingir que eu tenho alguma coisa relatada sobre tudo que acontece...
hummm...

pensando aqui, não acho que eu seja uma pessoa sem conteúdo. provavelmente eu só sou aquela pessoa que fez um blog num dia insosso, e que até hj o atualiza, pq é legal.
não! melhor! eu sou aquela pessoa que tem opinião sobre os poemas, os textos, mas que, justamente aqui, prefere não falar disso... e sim do que vem de dentro. do que vem da minha cabeça e do meu coração.


e é só!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Diário de Férias - Antepenultimo dia do ano 2010


boa noite.

eu to meio zonza... meu dia não foi muito fácil.
só o q posso dizer é q lutar é muito, muito difícil. lutar contra tudo. qualquer coisa q nos atrapalhe de viver o dia...
não vou dizer que tenho uma solução para cada um dos meus problemas... mas para o principal eu com certeza tenho, mas por falta de vergonha, ainda não botei em prática.

vou dormir agora. e olhando bem pra mim no espelho, acho que nunca tive olheiras tão profundas...

preciso mesmo dormir... amanhã minha mamy vem fazer uma visita, e vai trazer meu tio e toda sua família. to animada com isso. a virada de ano vai ser diferente esse ano. pena que o papy, a carla e o gustavo não estarão com a gente. :\

ah... preciso registrar que hj foi meu primeiro dia como assistente [estagiária] do oswaldo no consultório odontológico onde ele trabalha. foi bacana.. movimento baixo, por conta do fim de ano. mas foi legal. acho que semana que vem vou colocar a mão na massa... vou fazer uma profilaxia no meu irmão, e provavelmente vou fazer uma restauração classe II no meu amor... ^^
tão bonitinho confiando em mim.... (L) afinal, vai ser minha primeira restauração em um ser humano... as outras todas foram no bob (nosso boneco pra treino da odonto).

então é isso, alguém ia ter que ter essa coragem né?

... bjus a todos e boa noite.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Diário de Férias - Recesso de Natal

boa tarde!
eu tirei umas folgas de todo mundo...
eu fui pra zé doca e fiz, em 4 dias, o que eu faço durante as férias inteiras.... curti muuuito a minha preguiça, aquela que tenho de sobra.

viajei na quinta, voltei ontem. como posso dizer o quanto é maravilhoso estar perto da família? estar perto de quem a gente ama... é inexplicável.

esses ultimos 4 dias só serviram pra confirmar como a minha família é abençoada e maravilhosa.
o pai, a mãe, a alana, o joão, a carlinha, o gustavo. amo amo amo amo!!

queria eu que todas as pessoas fossem tão abençoadas como eu sou.


não tem mais como eu desejar Feliz Natal esse ano. mas desejo a todos um Ano Novo muito feliz, ao lado de Deus. e que cada dia desse próximo ano sirva de lição, e seja mais um passo pra a felicidade.

Feliz 2011!!!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Diário de Férias - DIA 3

acabei de entrar no orkut e me deparo com a frase "você é o que você come!"

juro pra vcs que nesse momento eu sou duas colheradas generosas de Nutella!

não, no sério! tem coisa melhor??

delícia...

ontem de manha eu era uma maçã, duas laranjas e um pão com salsicha. meio dia eu não era nada e de tarde eu me tornei um empanado e meio de frango. tá vendo como minha alimentação é balanceada?? ¬¬

no sério... eu não sei como consegui ir, embaixo de sol, até o São Francisco, e caminhar pegando um bronze por uns 10 min. isso tudo sem ter nada no estômago.
éeeee....
eu esqueci de almoçar, pode?

eu sei que eu tava dentro do ônibus, me sentindo meio lesada, meio fraca... aí eu lembrei da droga do almoço. pouxa... é que nem ferida que a gente não tá vendo, não dói nada, mas na hora que a gente bate o olho, parece uma facada!
me bateu aquela fraqueza e o drama tomou logo conta de mim... o olho escureceu e aí eu pensei " ah pikena, para de frescura! isso é psicológico, é psicológico... é psicológico"

pior que não era... eu tava com fome pra merda. aí quando cheguei em casa... dá-le empanado de frango....

enfim.... não posso dizer que sou a pessoa mais saudável do mundo... mas pelo menos o espelho parece que tava me mostrando mais fininha hj... =\

sabe Deus....

é isso aí...
ah, além disso estou assistindo a um seriado que não recomendo a ninguém. true blood.

não é que ele seja ruim... não! ele é ruim mesmo... muito maloqueiro. mas já que comecei, vou terminar. e ainda preciso terminar as outras 6 séries que estou assistindo.

bjuu... té amanhã.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Diário de Férias - DIA 2

ah diário, hj eu to puta!

to chateada pq ontem foi um dia vazio e hj tem tudo pra ser tb. além de que, eu odeio ter que sair sozinha pra resolver coisas... e quando a gente quer alguém por perto e a gente não tem, ahh... isso machuca! aliás, dá raiva!

eu na verdade não tenho nada de importante pra relatar sobre meu dia de ontem... mas como prometi que daria um depoimento por dia, então aqui está.

a única coisa diferente que fiz hj foi descobrir que meu olho fica parecendo de boneca quando coloco rímel nos cílios inferiores, o que aliás, como vcs estão vendo, não é uma grande descoberta. então, me salvando de começar a falar muita besteira e de parecer mais idiota do que já estou, termino por aqui. bju pra quem tá feliz. bju pra quem fica.

.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Diário de Férias - DIA 1

Já que a gente tá bricando de diário, então vamo encorporar né. vamo lá...

querido diário....












não, esse negócio de querido diário é fresco demais...

vamo direto ao assunto mermo.

é o seguinte, ontem eu fiz uma viagem daqui direto para o maiobão. peense! minha irmã perguntou se eu to montando uma franquia no maiobão, pq essa semana (a que acabou ontem) já pisei lá 3 vezes:terça (sessão), sábado (cantando na igreja) e domingo (ontem, pra sessão de novo).

mas o mais interessante não é isso... é que a sessão era 5 e meia da tarde. é claro que eu pensei em tudo... se a sessão começasse no horário combinado, nós sairíamos de lá umas 8 da noite. era um horário bom, pensei.
mas o tempo não tava concordando comigo... já era umas 4 da tarde e o céu parecia de 6 da tarde, de tão nublado, e pior, tava mais nublado lá pro lado que eu ia... pro rumo do bendito maiobão! =(

então realiza... um céu pretinho de chuva, eu belíssima, de salto, maquiada, cabelo arrumadinho, com uma bolsa que dá duas de mim, na qual eu carrego todos os meus instrumentos de trabalho (que, diga-se de passagem, não são poucos e nem leves). ainda carreguei a giovanna comigo, tadinha, só pra fazer essa viagem. mas valeu, já que ela queria saber como era minha labuta.

aí eu ergui minha cabeça e pensei: "ow Jesus, o Senhor sempre foi bom comigo. ah meu pai, segura essa chuva!! segura o sol aí tb, até eu chegar lá sã e salva, deixa anoitecer só depois que a gente tiver com os pés dentro da casa. e se eu entrar na casa e só aí começar a chover, eu prometo que grito Ow Glória pra todo mundo ver." :D

é claro que essa promessa foi só pra descontrair, pq eu tinha certeza absoluta que o meu Deus ia estar comigo.

nós saímos de casa 4 e 20. aí na hora que eu saio na porta de casa, lá vai o ônibus que a gente ia pegar... :( oow derrota!

lógico que eu não podia esperar passar o outro dele, pq dia de domingo é roça e esse ônibus já demora horrores em dia de semana, imagina então!
peguei o primeiro ônibus que entrasse no terminal da cohab. [nessas horas eu sempre fico pensando como é triste ser lisa! se eu tivesse um carro tava tudo resolvido]
ok. terminal da cohab... eu pensei q tu estarias vazio! ow ilusão... tava LOTADO.
eu já citei que tenho horror a lugares lotados? pois é, eu tenho!

mas aí tudo bem, nada ia me desanimar... a não ser os 40 e poucos minutos que eu passei esperando a droga do ônibus ¬¬ aarrggg

eu já peguei o ônibus depois das 5, com certeza ia chegar atrasada... como cheguei mesmo.
então eu andei apressadinha, até a casa da menina, errei a rua, começou a pingar, eu apressei o passo, orei de novo, aí um trovão. eita mãe, a chuva tava vindo. eu não podia ter nadado tanto pra morrer na praia. essa chuva NÃO podia de jeito nenhum cair naquele momento!
aí eu andei andei andei, meus pés já estavam acabados naquele salto assassino... aí eu avistei a casa (tá dramático isso né? =P). eita coisa boa entrar seca e salva naquela casa! é claro que meu Deus não ia me deixar na mão. se eu chegasse acabada, molhada e derrotada, ninguém ia dar crédito pra o que eu ia fazer lá.

saímos de lá 9 e 15 da noite e [graças a Deus] a anfitriã, que aliás é um amor de pessoa (Iza vc é 10!) se dispos a nos levar pra um lugar mais seguro pra pegarmos o busu de voltar pra casa.
no final deu tudo certo.

ah, aconteceu uma coisa inusitada. a casa lá tava em festa, uma alegria só, um monte de parente. aí as meninas estavam cozinhando uma tal de uma macarronada. o negócio tava bonito pra caramba. no final das contas nos convidaram pra comer... gente, eu até tava com fome, mas pra meu horror a macarronada era de carne. pra quem não sabe, já tem 7 anos que eu não como carne. não por outra coisa, mas por não gostar mesmo.
bem. depois de todo o esforço das meninas, todas animadas pq tinham feito uma macarronada juntas, nos chamaram pra comer. eita caramba! o q eu ia fazer?? já pensou na desfeita?!
aí eu respirei fundo, botei uma garfada de macarronada no prato, espalhei, pra parecer que eu tava comendo muito, e comi devagar, me concentrando... resultado: eu definitivamente nunca mais vou voltar a comer carne. eu não gosto mesmo, e ontem foi só uma comprovação disso. mas eu acho que tava boa a macarronada, pq a giovanna comeu pra caramba! o problema é que meu paladar não aguenta mais isso. =D mas valeu a inteção das meninas.

então, depois dessa ajudinha divina e de quebrar meus 7 anos sem carne, acabou meu dia.


bju, té amanhã!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Diário de férias

olá. faz muuuito tempo que eu não atualizo isso aqui. as férias chegaram, e é isso que eu devo fazer nelas... alguma coisa entre nada, atualizar meu blog, assistir seriados, nada, e levar bronca por ser tão preguiçosa. Isso acontece de verdade... eu levo bronca todo o tempo por esse meu defeitinho. =P

mas nessas férias as coisas vão ser diferentes!

nessas férias eu NÃO vou pro interior morgar por 3 meses, pq dessa vez eu tenho um trabalho!

=D

é tão divertido dizer isso... =) eu tenho um trabalho. agora é diferente, agora eu tenho que me planejar antes de dormir, pq no outro dia eu tenho que andar muito, e usar meu tempo direitinho, pra que tudo dê certo. eu tenho que acordar cedo, eu tenho que fazer muitas ligações, eu tenho que anotar tudo em uma agenda, enfim, eu não posso mais me dar o luxo de ficar em casa desmaiada na frente da tv.

olha eu vou te contar, pegar ônibus lotado com um baita salto e uma bolsa que ocupa mais espaço que meu corpo não é fácil. mas quando vc chega numa certa idade, é difícil ligar pra sua mãe pra pedir míseros 5 reais pq vc precisa de um absorvente. é difícil ter que ouvir da sua irmã, que trabalha, que vc não é mais uma criança e que precisa se preocupar em comprar suas próprias roupas.

quando vc entra na faculdade, vc acha que conseguiu tudo que deveria ter conseguido... "ah cara, eu passei no vestibular, agora todo mundo vai ter q me engolir, eu não sou mais um pré-vestibulando" [convenhamos, um pré-vestibulando não é nada. é triste ter que ouvir isso de todo mundo, eu sofria qdo eu era uma, mas é a verdade, vc perde a moral na sua casa, vc não tem nada no futuro pra onde olhar. é tenso!].

aí vc vai pra faculdade, vc passou na UFMA caramba! a partir de então vc começa a achar que sua única obrigação agora é não reprovar em nenhuma cadeira e assim terminar o curso nos exatos 5 anos previstos. é muito libertador, eu diria extremamente libertador. tudo lindo, tudo beleza!

vc faz o primeiro ano de curso, MARAVILHA, vc é um profissional em construção, todo mundo tem que entender, ninguém pode te pedir mais do q isso. aí vc faz a metade do segundo ano... agora vc já tem 21 anos e meio.. vc se sente uma pouco tosco de ter que ligar pra sua mãe pra dizer que vai precisar de uma roupa, ou de dinheiro pra sair. eu acho que chega o momento pra todo mundo, sabe? aquele momento em que vc olha pra sua vida e diz “droga, eu sou um sanguessuga”. é quando vc percebe que seus pais já não vêem a hora de vc poder caminhar com as próprias pernas. eu sei que isso é totalmente natural. mas eu pensava bem diferente, há um ano atrás.

ahhh, há um ano atrás... eu me sentia totalmente confortável com a idéia de ser sustentada até o final do meu curso e até um pouco depois dele, qdo eu pudesse realmente bancar meus gastos. ah que sistema maravilhoso! hahahaha

mas aí vc para, e se vê, e o que vc vê é o que eu sou agora: uma adulta dependente. É triste! =/

e foi isso que me levou a procurar desesperadamente maneiras de ganhar dinheiro, o q é difícil pra mim, já que meu curso é integral e me suga todo o tempo. então tive que procurar trabalhos ajustáveis ao meu tempo. primeiro eu tentei a Avon, depois eu conheci a Mary Kay, deixei a Avon, agora eu sou só Mary Kay, o que é ótemo. agora eu não tenho mais férias. agora eu não tenho mais domingos e feriados. e eu me sinto ótima de ter um trabalho! :D poder pagar meu lanche. e saber que só depende de mim pra conseguir ganhar quanto eu quiser.

a partir de hj eu vou escrever todos os dias, contando como foi meu dia de trabalho. As lembranças são importantes, e no futuro eu quero saber , com as minhas próprias palavras, como foram minhas primeiras férias trabalhando.

;)

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Sobre as novidades


eu tenho novidades! =D

agora sou oficialmente uma Consultora de Beleza Independente Mary Kay !!


olha que chique! não é legal??

então pensei, pensei, e está decidido, não vou fazer outro blog pra falar das coisas da Mary Kay. não por enquanto. mas vou ficar fazendo atualizações sobre as coisas por aqui mesmo. vou fazer uns vídeos de alguns makes que eu fizer em mim com a maquiagem Mary Kay. vcs vão amar!
além de que, sempre vou ficar atualizando sobre as novidades em produtos, etc e tal...

e se por acaso alguma de vcs quiser experimentar também, é só falar comigo, eu vou até vc e faço uma sessão de Cuidados com a pele ou uma sessão de Maquiagem. e o melhor de tudo: é FREE!!! um presentinho pra vcs meninas.

então meninas... não percam, marquem a sessão de vcs, pq é um presente da Mary Kay para as mulheres, já que dá a vcs a oportunidade de experimentar e atestar como os produtos são bons!

então é isso.
podem usar a caixa de recados aqui em baixo para pedir o agendamento da sessão. ;)

beijinhos

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

o 1° de qualquer coisa a gente nunca esquece...

olá. quanto tempo. nossa!

antes de tudo, gostaria de registrar o horário e o dia: são 23:16, do dia 23 de set de 2010. não é tarde não né? masssssssssss, considerando o que eu deveria estar fazendo agora [estudando], e tb que amanha vou passar o dia INTEIRO em pesada atividade, com certeza a única coisa que eu NÃO deveria estar fazendo agora é isso que eu estou fazendo agora. =D

bem... não dá pra fazer um resumo fiel de tudo que aconteceu desde a ultima vez que eu apareci por aqui. mas dá pra fazer um resumo fuleiro. vamos lá:


eu cheguei de viagem, voltei às aulas, comprei meio mundo de materiais para meu caro curso de odontologia, fingi que não sou mais viciada em internet, larguei o twitter de mão [só migué!], larguei o blog por uns tempos, fui a um congresso MARAVILHOSO em salvador da bahia meu bem!, comecei a vender avon, estou indo bem no 4° período, meu namoro vai muito bem obrigada, ganhei um netbook [entre aspas], trouxe minha filha Freda de volta das férias dela no interior, e agora sou uma aspirante a Consultora de Beleza Mary Kay. aliás, espero até semana que vem conseguir resolver tudo, pra poder me cadastrar logo.


a notícia mais fresquinha é que ontem foi o dia em que eu atendi ao meu primeiro paciente.







olha a foto --------------->








foi legal.
a parte ruim é que descobri um defeito meu que eu já suspeitava que eu tinha: eu sou muito sensível aos problemas alheios. eu me envolvo com o caso, eu quero ajudar, quero resolver tudo. eu acho que isso, até certo ponto é bom. mas passando desse ponto, é defeito. principalmente na situação em que me encontro, como estudante, que nada pode fazer além do q está previsto no currículo. não posso questionar quem está acima de mim, não posso obrigá-los a fazer mais do que só "o básico" por aquele paciente. isso está acima de mim. mas é a vida. um dia eu aprendo a ser mais fria e profissional.

e é verdade... o primeiro paciente a gente nunca esquece!

no mais, gostaria de deixar um super beijo aos meus R's Raquel, Raiana, Renata e Rafael. hj o beijo vai só pra eles. amo vcs!



orem por mim... e fiquem com o Pai!!

fim.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Bolo de 5 min: receita true

Conselho: aumente o som!!!

video

prooonto. aqui está a tão pedida :P receita do bolo de 5 min. pra quem não acreditou...

lembrando que este vídeo foi gravado no mesmo dia do outro. se vc não tá entendendo, clica aqui.
ou seja, foi gravado em junho, logo que entrei de férias, e exatamente um dia depois de eu ter extraído dois terceiros molares.

a receita tá aqui, e como vcs puderam ver, realmente dá certo. e fica muito bomm!

receita:

-4 colheres de sopa de farinha de trigo (com fermento);
-4 colheres de sopa de açúcar;
-2 colheres de sopa de chocolate em pó [eu usei nescau e deu certo];
-1 ovo (inteiro)
-3 colher de sopa de leite;
-3 colheres de sopa de óleo (de cozinha mesmo);
-1 caneca

Misture o trigo, o açúcar e o chocolate. Depois adicione o ovo, o leite e o óleo. Misture muito bem tudo, até ficar uma massa homogênea.
Coloque num microondas por 3 min, na potência máxima (1000 watt).
Depois é só tirar do microondas e retirar da caneca com a ajuda de uma faca.


Dica pessoal: qdo ele sai do microondas quentinho, espera ficar morno, aí coloque em um recipiente, com duas bolas de sorvete. Fica simplesmente DI-VI-NO!

é isso aí povo...

enjoy.

eu to meio sumida, é pq não to mais de férias, aí passo o dia TODO na ufma. mas vou tentar colocar outro material até o fim da semana.

fim.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

tempo ocioso dá em desabafo

olá.

partir é sempre difícil pra mim. eu detesto viajar, isso tb dificulta as coisas. eu falo da viagem em si mesmo, o tranporte e tal... ah se existisse teletransporte, uuuu, ia ser belezinha, outra coisa. massss, eu não estou no mundo do goku, então tenho q fazer o que eu odeio, entrar num busão e fazer tudo pra dormir a viagem inteira e não sentir nada, além de torcicolo.
além do que, eu acabo me acostumando com o lugar, e partir não fica fácil. quando eu estou em sl e minhas férias chegam, eu preciso vir ver meus pais no interior. mas bate uma vontade de ficar, e não é por falta de vontade de estar lá, mas pelo simples fato de que eu não me acostumo facilmente com mudanças. da mesma forma, quando estou aqui, e preciso voltar pra sl, aahhh, é tão ruimmm. nossa! que merda. o que eu queria mesmo, muito muito, é que meus pais morassem comigo. na mesma cidade, na mesma casa. eu não me importaria nem um pouco com as restrições que isso me traria. juro. poxa...

ainda me perguntam se eu vou querer trabalhar em interior. mas é claro que NÃO! só se não tiver jeito, pq além de eu preferir poluição e barulho, que a cidade tem de sobra, pra mim seria terrível ter que me separar tão cedo dos meus filhos. pq? ah, todo mundo sabe que o ensino em interior é uó. quem quer que seus flhos tenham um futuro, com certeza os tira do lugar. o que eu vejo na vida das pessoas que continuram aqui é muito triste. a maioria acaba fadada a casar cedo, ter filhos cedo, e no caso das mulheres, vivendo às custas do marido. num mundinho desse tamanhinho. não! definitivamente não ia prestar.
eu não vou dizer que sofri muito por ter me separado aos 11 anos de idade dos meus pais. eu não sofri, usando o sentido correto da palavra. não me aconteceu nada de grave. mas só Deus sabe quantas vezes eu precisei da minha mãe aqui. do meu pai me dando broncas e me proibindo de fazer as coisas menos proibíveis hahahahahah. ahh como eu quis, tantas vezes ter meus pais pra me buscar na escola, pra eu pedir pra sair pra algum lugar, pra fazer um programa em família.
admito que morar sem os pais tem seu lado bom, pra quem gosta de esconder as coisas e de fazer doidices. mas no meu caso isso não se aplica. definitivamente tudo que eu faço passa pelo consentimento dos meus pais, e eu não sou, nem nunca fui rebelde. dificilmente serei um dia. pelo contrário, a minha maior felicidade é poder fazer o que agrada os meus pais.

infelizmente isso não vai acontecer. meu pai gosta da vida de interior, ele detesta cidade grande. ele abomina a idéia de ir pra sl. e minha mãe o acompanha né? não na vontade [já que ela é como eu sou] mas por ser companheira dele mesmo. seria bem pior pra ele morar na cidade do que é pra ela morar no interior, todos sabemos disso.

é complicado pra mim pensar nisso. pelo jeito a minha vida vai ser sempre esse vai e vem. mas eu vou dizer tb: eu amo as lembranças que estar aqui me traz. apesar dessa cidadezinha não ter nenhum atrativo pra mim, é bom estar na casa que eu cresci e lembrar de como foi bom crescer aqui. eu já citei como minha infância foi feliz? acho que já....



...nostalgia...

tenho medo do tempo, ele passa tão rápido, e a gente se preocupa com tanta bobagem, quando devia aproveitar cada momento que a gente tem. a velhice me assusta, não vou negar. eu queria sempre ser jovem. só presto assim. mas infelizmente ninguém pode parar o tempo, nem voltar. a única coisa que me sobra é me contentar. estar com Deus é o que mais importa. eu tenho certeza que um dia essas coisas todas vão ter passado e nós teremos paz e felicidade eternas. por isso eu tenho procurado me preparar sempre pra partilhar disso.


vc já orou hj?



.... oportunidades não faltaram, tenho certeza















amém. fim.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

essa bosta era pra servir pras férias né?!

pois bem... acho que não serviu. nessas férias eu resolvi, em cima da buxa, fazer diferente do que eu fiz nas outras, especialmente a última. eu passei 95% do meu tempo livre das férias passadas na internet. sou um pouco viciada sabe?
mas dessa vez eu decidi fazer diferente e provar pra todo mundo na minha casa q eu posso sobreviver sem ficar pendurada no computador o dia todo. e eu provei mesmo. eu pouco entrei. fiquei bastante tempo com minha família, me desliguei um pouco do twitter, enfim, estou me sentindo em processo de cura. é um alívio sabia? humpf...
acabou que meu blog, meu twitter e tudo mais ficou meio abandonado. eu perdi um pouco da minha criatividade pra fazer besteirols. mas dexistar que logo que eu chegar na ilha vou aprontar um material legalzin pra colocar aqui. espero que as pessoas que eu quero envolver nisso topem. :P

aguardem.

fim.

domingo, 25 de julho de 2010

ora, ora, ora...

hum.... sabe q todas as vezes que eu postei só texto aqui, em nenhuma eu tive um roteiro. eu simplesmente fiz como estou fazendo agora, abri a página de postagem e comecei a escrever o q me dava na telha.
então colega, mesmo que vc não goste, agora vou começar a escrever um bocado de bobagem daqui pra baixo, sinta-se livre pra não acompanhar-me. ;]

segunda feira cheguei nesta metrópole e descobri que uma imagem que eu tinha da cidade há um tempo atrás já não tá mais disponível. não sei quantos sabem, mas a cidade de onde eu venho tem um histórico de crimes não muito bonito. mortes, chacinas, brigas são os principais eventos. inclusive até no linha direta nós já estivemos, e curiosamente, não pelo crime mais terrível.
o mais engraçado é que eu morei aqui minha infância inteira e não lembro de nada de terrível.


mas o que eu queria dizer no início é que, depois de tantas coisas horripilantes que aconteceram, resolveram mandar um pessoal, tipo polícia, que andava de preto, com umas armas porretas, que me lembravam muito aqueles caras do rio de janeiro com aquelas armas na diagonal, no meio do peito, compridas e intimidadoras.


tamanho dia de sol, lá estavam eles, na praça do centro da cidade, andando em motos, carros, com suas metralhadoras (pra mim sempre vai parecer isso, =P). era estranho. e desde então, sempre que me lembrava da minha cidade, não conseguia fazer uma imagem sem esses caras.

então, logo que cheguei me deparei com que?
nada!!!
cadê o BOPE?!! oras, será que eles foram gravar o filme? ¬¬
não, mas falando sério... será que eles estavam lá só pra dizer, tipo "ei assassino filho da égua, tá pensando que vai ficar assim? abaixa as caiças aí, olha o cabo de vassoura!" tipo, eu nem sei se funcionou... a verdade é que não se ouviu mais falar de crimes terríveis.

mas e agora?? eles foram embora... confesso que me senti meio desprotegida. eu espero sinceramente que não precise acontecer outra chacina pra eles voltarem. tenho raiva dessa política remediadora que o nosso país tem. tenho muita RAIVA disso. mas o que posso fazer?? só orar pra que quem eu amo continue protegido nos braços de Deus, que é o único em quem posso confiar.

tá tenso o assunto né?
vamo mudar então...
hummm... essa semana eu pensei em escrever um livro. é verdade. eu não sei escrever bem, mas é que tem uma história que eu queria poder contar um dia, antes que eu me esqueça dos detalhes. e é muito muito importante pra mim. talvez eu comece, e se começar, vai ser bem secreto. se um dia eu tiver velhinha, e ela estiver terminada e pronta, eu mando distribuir.
cabô o assunto.


fim.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

um computador bichado =/

quais são as conseguencias de um computador que quebra, desconfigura, sei lá, fica bichado??? oO




no meu caso, algumas...






primeiramente. cara! EU TO DE FÉRIAS! que merda, será que meu computador não pode entender que ele é minha única fonte de entretenimento e dar um jeito de não quebrar?! humpf!
hj fez uma semana que meu computador simplesmente resolveu dar uma de maluco. ele estava normal, aí, no outro dia, puf! apagou! ¬¬
o técnico é muito ocupado, enfim, só podia vir hj; e ele veio.

mas advinha?! advinha??? olha que só que coisa maravilhooosa... meus arquivos não puderam ser recuperaaaados. teve que formatar. mas como o hd é dividido, então o outro teoricamente estaria intacto, certo?!

lá estava eu linda e tranquila, já me recuperando de ter perdido as coisas q eu tinha salvado no desktop e nos meus documentos, quando ele diz "tenho outra notícia."

ah! enfia logo uma faca no meu peito poxa!
eu já tinha más expectativas sobre qual seria essa notícia. e eu já esperava, mas não queria ouvir. infelizmente eu não posso mudar a realidade...

"eu não to encontrando tua pasta (:E). não sei o que pode ter acontecido, mas vou tentar dar um jeito."

como assim?! meus arquivos de toda vida, minhas fotos, meus trabalhos, minhas músicas, minhas besteiras! :´´´´´(( NÃO!
não é drama gente, mas pensem bem, são minhas lembranças. o que eu vou mostrar pra meus filhos??? o que vou ter de lembrança virtual??

aí minha irmã "ah não moço, que é isso?! não me faz passar mal!"
e ele "pois pode começar, pq tá ruim aqui o negócio" oO

felizmente, ele conseguiu encontrar a pasta, mas ela estava oculta. ele disse que vem na outra semana ajeitar, tentar colocar a bixinha no lugar (Deus queira que dê tudo certo!).

enfim, até lá, não vou poder postar o vídeo que eu tinha pra vcs... tava tudo lá. :(

então ele, pra finalizar "ah, tu te confia em computador! pq não grava tudo em cd?! são teus arquivos de vida. são muito importantes pra tu deixar assim, podendo o computador quebrar a qualquer momento."

tá bom, judia logo dessa jumenta! judia que ela tá merecendo. mas levanta a mão quem nunca passou por algo parecido. o/

a partir de agora, prometo, que se ele recuperar tudo, eu vou gravar num cdzinho.

mas o vídeo, como eu previa que ia postar hj, orem pra que eu pelo menos o recupere!

=\

quinta-feira, 8 de julho de 2010

receitinha de férias. fail

conselho: AUMENTE O SOM!

video

olha que vídeo bacana.... ensinando todo mundo como NÃO se faz um bolo de 5 minutos.

não deu certo, mas foi culpa da colher a mais de chocolate. :(
e daquele montão de trigo que coloquei. huiihhihi e da caneca tb. muito pequena gente...

mas eu prometo q vou ensinar direitinho como faz. na primeira vez que fiz deu certinho. ficou mara!


aguardem...

[eu to muito bem pra quem perdeu dois dentes ontem ein? e olha que não foi fácil. eu sou osso duro de roer.]

quinta-feira, 1 de julho de 2010

band kids

o ultimo post levantou muitas lembranças de amigos meus, e eles me ajudaram a lembrar tanta coisa.... nossa, a nostalgia é enorme. chega a doer!
eu precisava vir aqui desabafar, e mostrar um pouco do q foi minha infância pra vcs.
eu assistia desenho, brincava de tuuuuuuudo. andava de patins, bicicleta. tinha amigos. estudava. enfim, eu era FELIZ!
mas o desenho dragon ball z fez história... além dele, tinham esses no famoso band kids, que embalou minhas férias...
[só links, quem quiser veja]
http://www.youtube.com/watch?v=XbAPMu1To3U
http://www.youtube.com/watch?v=HyfBpqAfX3w
e a foto da Renata Sayuri Kajiyama, esse é o nome dela:
créditos dos vídeos a meu amigo Daniel Antunes.... foi ele também quem me ajudou a achar a japinha que apresentava o band kids [aquela que citei no ultimo post]. ela era branca de cabelos lisos, escuros e estilosos, olhos incrivelmente azuis. ela era linda. e tinha um jeito bem característico de se vestir. bem, eu adorava. o que eu não lembrava é que existiam outros desenhos que passavam antes de dragon ball, eles estavam adormecidos na minha memória, mas ao ver os vídeos eu quase chorei [mentira!]. mas no sério. é emocionate poder lembrar de uma feliz infância. né daniel? 'I had childhood' e tive mesmo. nossa. pirei muito. eu fui muito feliz! minha infância teve todos os pré-requisitos de uma infância totalmente completa. de tudo, amor, diversão, alegria, família. FELICIDADE: isso resume.

eu sou feliz hj pq tive um passado sólido e maravilhoso, e uma família que foi guiada por Deus, pais que sempre fizeram seu melhor, e que se amaram e nos amaram muito. eu sou totalmente grata a Deus por tudo que Ele me deu, tudo que Ele me dá, pelo que Ele significa pra mim.
AMOR . nenhuma outra palavra resume tanta coisa e dá origem a tantos sentimentos.

ame!


end.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

FÉRIAS! o/ e agora?

olá. eu to praticamente de férias. falta bem pouco mesmo. a única cadeira que ainda me preocupava, dessa já consegui me livrar, graças a Deus. hj foi assim o meu primeiro dia de 'férias'. eu não fiz nada de útil, e não me senti mal por isso. sem peso na consciência. [como eu queria dizer isso]
mas é tão chaaaaaaaato. já tive momentos de tédio. já me arrependi de ter feito esse bendito blog... pq as pessoas me cobram que eu atualize, mas eu num tenho nada pra falar... a minha vida não é assim tão interessante pra eu ficar contando o que me acontece...
masss, eu me lembrei de um pequeno detalhe: esse blog é meu né? então, posso escrever qualquer merda, fazer ele de diário no dia que eu quiser, e ninguém tem nada com isso. problema se ninguém ler, ou se ninguém achar interessante... o que importa é que eu escrevi. e escrever pra mim é terapia. aliás, vou contar um segredo: eu tenho 3 diários cheios. eles não são bem diários, pq não escrevia diariamente. mas são cadernos com muitas coisas e também segredos. quando me acontecia algo eu ia lá e escrevia. quando eu leio, as vezes dou gargalhada... mas é bom ver como a gente era. cada idade tem suas particularidades. por ex... eu não estou no meu momento mais maduro. faço muita besteira, falo muita besteira. mas, nesse momento da minha vida, é assim que gosto de ser. pq eu faria algo diferente? que uma pessoa de 40 ou 50 anos aprecia, se eu não aprecio?? mesmo que seja mais maduro, não é o que eu quero fazer. mas também não sou assim essa criança ingênua e sem qualquer maturidade. eu sou madura, pra algumas coisas até demais, pra outras não... somando tudo e fazendo a média, talvez eu tenha a cabeça de uma pessoa de uns 19 anos ainda, o que é 3 anos a menos do que realmente eu tenho. essa é a minha visão. vc talvez tenha outra... a minha idade física tb pode contribuir para vc me achar mais nova; mas algumas pessoas, ao conversarem comigo, me acham mais velha do que realmente sou.
"nada de revolta: honremos as idades nas suas quedas sucessivas e o tempo na sua voracidade." Victor Selagen
é isso aí... quem vai me descrever? quem vai dizer quem eu sou, como eu sou... ou o que devo fazer? ainda bem que Deus me deu juízo (muito juízo). eu penso muito antes de fazer qualquer coisa séria. as coisas sérias tem seu lugar na minha vida, e eu não as trato como tolices. eu as trato como o que são, com muita seriedade. já outras coisas.... essas eu trato como as devo tratar. tudo com seu devido merecimento... não é assim com as pessoas? com minhas coisas é assim também.


cara, eu to com vontade de escrever tanta coisa, mas não é agradável pra mim saber que tantas pessoas podem saber dos meus segredos, ou de tudo que se passa pela minha cabeça... afinal, o mistério ainda é a melhor opção pra qualquer pessoa que queira ser respeitada.

tenho muitas teorias pras coisas da vida... se alguém continuar a acompanhar esse blog, o que acho difícil, talvez consiga compreender como eu vejo a vida e as coisas q me cercam. a minha intenção é fazer bem a mim... mas se eu não quisesse que alguém lesse, continuaria a escrever nos meus diários, e é o que faço qdo nada nem ninguém pode escutar o que eu tenho pra dizer.
então, se for sua intenção saber algo sobre minha desinteressante vida, fique a vontade pra visitar sempre que quiser...

pra começar... Carlos Drummond de Andrade é um gênio, e apesar de eu não ter o dom que ele tem de decifrar (use outra palavra, se quiser) as coisas, minha forma de ver o mundo é bem semelhante. levando em conta a forma subjetiva como qualquer pessoa pode O ler, isso pode ser interpretados de infinitas maneiras possíveis... masss
pra mim não existe outro, ou talvez eu não fui apresentada a nenhum outro que me fizesse sentir tão bem com o que eu penso... eu me identifico com muito do que ele diz... talvez quase tudo.
"Que vai ser quando crescer?
Vivem perguntando em redor. Que é ser?
É ter um corpo, um jeito, um nome?
Tenho os três. E sou?
Tenho de mudar quando crescer? Usar outro nome, corpo e jeito?
Ou a gente só principia a ser quando cresce?
É terrível, ser? Dói? É bom? É triste?
Ser; pronunciado tão depressa, e cabe tantas coisas?
Repito: Ser, Ser, Ser. Er. R.
Que vou ser quando crescer?
Sou obrigado a? Posso escolher?
Não dá para entender. Não vou ser.
Vou crescer assim mesmo.
Sem ser Esquecer." (nem preciso escrever quem assina)

fim.

obs.: se vc ler esse post escutando alguma coisa de john mayer, talvez tenha uma amostra do que senti ao escrevê-lo, ou não.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

ai minha boca... :(

hj fiquei animada, pq eu vou colocar aparelho :P. só to animada pq, pq... ah sei lá... é uma coisa boa pra mim, eu to querendo é o resultado.
mas, pensando bem... quando lembro que vou ter que colocar aquela trepeça na minha boca, bate uma preguiça... pensa só: uma ferralheira doida, quando tu come fica aquela porqueira (eu tenho nojo disso, a pessoa come, e fica resto de comida, pedaço de feijão, e é um chupa chupa pra ir tirando aos poucos tudo. arrgg! uma delícia... ¬¬), tirando que fere a boca... aftas são uma desgraça na vida de uma pessoa, ainda mais de uma pessoa que canta.
massssssssss, já que não tem outro jeito de ajeitar meus dentinhos inferiores... vamos ao que interessa... a estética. já que vou ficar uns 3 anos com esse troço na boca, preciso pensar no lado da buniteza( :D). eu perguntei pra a orto sobre os aparelhos estéticos (aqueles que são de porcelana e os q são transparentes).

a diferença de preço é de uns 300 contos. eu sou pobre! e ainda tem mais: se quebrar um bract(não sei como escreve. :P) é 30 reais, só um. infelizmente, não dá pra chico!
vou ter que andar com aquele freio de burro mesmo. é o jeito!

ainda tem mais... vou precisar arrancar (extrair, antes q venham me cobrar q eu faço odontologia) os meus 4 terceiros molares (ou sisos, pra quem não faz odontologia, hahaha). essa não é a melhor notícia que se pode receber. a recuperação é muito chata, o diga minha amiga raquel que está sofrendo as dores de ter parido uma menina e um menino (um siso superior e um inferior). tadinha... daqui a alguns dias sou eu. :( que merda.
Os meus inferiores estão quase assim como esse da foto. vou sofrerrr :´(
mas é o jeito. eu só sei que quero meus dentes perfeitos quando terminar meu curso, pq a coisa mais feia q eu acho é o dentista que tem os dentes horrorosos. é triste! eu nem consigo confiar... o cara não cuida nem dos dele? aff não dá.
quero ouvir dos meus pacientes: Doutora, quero meus dentes iguais aos seus!
todo mundo quer iguais aos da xuxa, mas não os meus pacientes. ;)

é triste concluir que, assim como o apêndice (que só serve pra dar apendicite), o terceiro molar não tem serventia...parafraseando minha amiga raiana "esse dente dá tdos os trabalhos possíveis: pra erupcionar, para extrair,além de doer muito, naum serve pra nada!!!".


fim.

domingo, 20 de junho de 2010

é, eu fico patriota na copa...


Eu não sei, mas futebol nem é tão chato assim... pra constar, sou flamenguista. desde sempre, e como diz o hino, até morrer! mas não sou de acompanhar jogo. nem precisa vir me perguntar quem é o lateral direito, goleiro, técnico e num sei que mais lá do flamengo pq eu num sei mesmo. críticas a parte, sou flamengo!
o fato é que, incrivelmente em copa do mundo eu passo a adorar jogo de futebol! sinceramente eu não sei o que é isso, mas as vezes, nos jogos, eu até entendo o que tá acontecendo... tipo, é como se eu sempre soubesse aquilo tudo! eu vibro, me emociono, me exalto, é uma coisa de louco. as vezes tenho que me segurar pra não passar do ponto. acho que é um defeito social mesmo. digo isso pq em época de copa, principalmente em dia de jogo do brasil (uhú \o/) a cidade fica verde e amarela. eu fico verde e amarela. fazer o q? acho que isso me contagia. pq será que não consigo sentir isso em campeonato brasileiro, libertadores, e afins?! explicar eu não sei, só sei que eu fico mesmo patriota [e louca] na copa! muita gente tem receio de dizer isso, talvez eu tb tenha um pouco... mas é verdade! vou fazer o que? não é que eu não goste do meu país em outras épocas. eu AMO ser brasileira, não gostaria de ter nascido em nenhum outro lugar; mas como todos os outros seres brasileiros, não sou de usar verde e amarelo, tipo, pra ir pra faculdade, assim todo dia. hahahaha

mas é isso. eu fico simplesmente contagiada com a magia da copa, com a possibilidade de o brasil mostrar alguma coisa pro mundo que ninguém mais tem. quem mais é penta? quem mais VAI ser hexa( tenho que ter fé!!)?! nem sei o que tu pensa, mas sei que talvez tu sejas do mesmo jeitinho. aaaaaahh vá. admite logo!

fim.


[aqui não vai ter um conteúdo poético, nem venha atrás disso, na verdade nem sei mesmo pra que fiz um blog. eu acho, mas só acho, que é pra ter o que fazer nas férias. talvez seja isso, talvez outra coisa que ainda não me ocorreu. eu vou escrever o que me der na telha, o q eu achar legal. esse blog vai servir mais pra mim do que pra vc, podecrê! as vezes eu preciso falar besteira, as vezes eu preciso desabafar, não sei se aqui vai ser a solução, mas como tudo na minha vida, preciso tentar.]